SUSTENTO - O DEUS QUE PROVÊ



FILIPENSES 4:10-20

10 Alegro-me muito no Senhor por terdes finalmente renovado o vosso cuidado para comigo, do qual na verdade estáveis lembrados, mas vos faltava oportunidade.

11 Não digo isso por causa de alguma necessidade, pois já aprendi a estar satisfeito em todas as circunstâncias em que me encontre.

12 Sei passar necessidade e sei também ter muito; tenho experiência diante de qualquer circunstância e em todas as coisas, tanto na fartura como na fome; tendo muito ou enfrentando escassez.

13 Posso todas as coisas naquele que me fortalece.

14 Todavia, fizestes bem em participar da minha aflição.

15 Sabeis, ó filipenses, que, no princípio do evangelho, quando parti da Macedônia, nenhuma igreja se comunicou comigo quanto a dar e receber, mas somente vós;

16 pois, enquanto eu ainda estava em Tessalônica, supristes as minhas necessidades, não só uma vez, mas duas.

17 Não que eu procure doações, mas procuro o fruto que amplie o vosso crédito.

18 Mas tenho tudo, até em excesso; tenho amplos suprimentos, depois que recebi de Epafrodito o que enviastes, como aroma suave e como sacrifício aceitável e agradável a Deus.

19 O meu Deus suprirá todas as vossas necessidades, segundo sua riqueza na glória em Cristo Jesus.

20 Ao nosso Deus e Pai seja dada glória pelos séculos dos séculos. Amém.


Almeida Séc. 21


A provisão de Deus é algo que abrange não apenas os aspectos físicos de nossas vidas, mas também o espiritual, psicológico e até mesmo em relação a saúde física.

Missionários, uma classe de cristãos que vivem em lugares diferentes com um proposito de anunciar as boas novas de Cristo Jesus. A igreja envia o missionário e se responsabiliza pelo seu sustento financeiro e cobertura espiritual. Se não todos, pelo menos grande parte dos missionários brasileiros (me atreveria até mesmo dizer latinos) já passaram por sufoco por falta de sustento financeiro completo ou suficiente. Igrejas prometem ajudar com um certo valor e simplesmente se esquecem ou surge um “muro ou estacionamento” para ser construído.


Aprendemos a viver com dependência total em Deus, e isso é algo que todo cristão deve

aprender. Deus sustenta aquele que se dispõem a fazer parte desta preciosa tarefa de anuncia-lo por todo o mundo. Paulo no versículo 11 diz que “aprendeu a se contentar com o que tem”. O discurso que o missionário tem que sofrer e abrir mão de tudo, é talvez o mais usado pela liderança que não conhece realmente a vida missionária, mas o importante não é abrir mão de tudo, mas se contentar com o que Deus nos der. Sabermos ser fieis no pouco e principalmente, confiarmos que Ele provê o necessário no tempo certo.


Abraão é um dos maiores exemplos, levando o seu filho para ser sacrificado, confiando na soberania total de Deus e que se Ele quisesse poderia suprir outro meio de sacrifício ou até mesmo suprir o consolo da falta que o filho faria em sua vida.


A provisão de Deus é algo que abrange não apenas os aspectos físicos de nossas vidas, mas também o espiritual, psicológico e até mesmo em relação a saúde física.


A minha oração é que possamos entender a profundidade da provisão do Deus que nos chama para realizar a Sua missão. Que possamos viver intensamente confiante em Sua provisão, confiando que Ele há do suprir nossas necessidades no tempo certo da maneira que lhe convém. Que possamos aprender a nos satisfazermos com aquilo que Ele nos der e com a Sua soberana vontade.


0 visualização
RGB-Karpos-Marca-Vertical-Transparente.p

© 2019 - 2020 - KARPOS - REFLEXÕES PARA O CAMPO MISSIONÁRIO

  • Facebook Basic Black
  • Twitter Basic Black
  • Instagram Basic Black